OUÇA AGORA A MÚSICA FM
AO VIVO: A RÁDIO QUE É MAIS...
Veja o que é notícia no mundo da Música!
25 MÚSICOS MAIS BEM PAGOS DE 2017
07/12/17

A única coisa mais previsível do que as mudanças de nome de Diddy é a sua colocação na lista anual dos músicos mais ricos. O artista – formalmente conhecido como Sean Combs – no entanto, tem alguns concorrentes de peso.

Apesar de liderar a lista de músicos mais bem pagos do planeta feita pela Forbes com um recorde de US$ 130 milhões, Diddy não foi a única superestrela a alcançar cifras de três dígitos de milhão.

A lista dos 30 artistas musicais mais bem pagos de 2017 foi calculada a partir dos ganhos arrecadados entre 1o de junho de 2016 e 1o de junho de 2017. Os números são baseados em fontes como Pollstar, Nielsen e a RIAA (Associação da Indústria de Gravação da América, em português), além de entrevistas com os gerentes, agentes e algumas das próprias celebridades musicais.

Veja, os 25 músicos mais bem pagos de 2017:

24º) Jennifer Lopez (empate)
Ganhos: US$ 38 milhões

J-Lo continua com desempenho impressionante graças a uma temporada fixa em Las Vegas que lhe garante rendimentos de seis dígitos por noite. Ela também tem um novo programa de televisão, o World of Dance, no qual atua como jurada e produtora.

24º) The Chainsmokers (empate)
Ganhos: US$ 38 milhões

Devido a uma agenda atribulada de turnê e a músicas que se tornaram hits como “Closer” e “Paris”, a dupla está entre os mais bem pagos da cena eletrônica no planeta. Eles assinaram, recentemente, um lucrativo contrato de três anos com a casa noturna Wynn Nightlife, em Las Vegas, que traça o caminho para um provável retorno à lista no ano que vem.

22º) Bruno Mars (empate)
Ganhos: US$ 39 milhões

Há alguns anos, Mars fez a revista Forbes a seguinte previsão: “Eu me sinto como se estivesse apenas começando”. Muitos Grammys e mais de US$ 100 milhões em ganhos depois – mais recentemente devido a sua turnê 24K Magic World Tour, em que está arrecadando sete dígitos por noite – tudo indica que ele estava certo.

22º) Tiësto (empate)
Ganhos: US$ 39 milhões

Born Tijs Verwest, o DJ holandês de 48 anos, continua a superar estrelas da música dance eletrônica com metade da sua idade. Ele faz isso por meio de uma enorme quantidade de shows – 134 no período de monitoramento – dos quais leva para casa rendimentos de seis dígitos por noite.

19º) JAY-Z (empate)
Ganhos: US$ 42 milhões

Com ou sem hífen, JAY-Z permanece como um dos maiores ganhadores da música. Apesar de notícias sobre público abaixo da capacidade em sua turnê atual 4:44, um novo contrato de US$ 200 milhões com a gigante dos shows Live Nation deve mantê-lo entre os mais bem pagos pela próxima década.

19º) Céline Dion (empate)
Ganhos: US$ 42 milhões

A cantora de “My Heart Will Go On” voltou a fazer uma lucrativa residência em Las Vegas em fevereiro deste ano, depois de um hiato que sucedeu a morte de seu marido em janeiro de 2016. Ela também encontrou tempo para fazer uma turnê na Europa no último verão.

19º) Luke Bryan (empate)
Ganhos: US$ 42 milhões

Responsável por uma das maiores turnês do planeta, Bryan arrecada além dos palcos com o programa de televisão Buck Commander, do canal Outdoor Channel. Bryan também enche seus cofres por meio de contratos de publicidade com a Cabela’s e a Miller Lite.

18º) Kenny Chesney
Ganhos: US$ 42,5 milhões

O líder da No Shoes Nation continua a prosperar e lotar espaços de shows pelos Estados Unidos. Seu álbum de 2016, Cosmic Hallelujah, entrou no topo das paradas de country assim que foi lançado. Chesney também arrecada por meio de acordos com a Corona e a Apple, assim como de sua própria marca de rum, o Blue Chair Bay.

17º) Taylor Swift
Ganhos: US$ 44 milhões

Mesmo em um ano mais calmo, contratos de publicidade, consumo de música e alguns shows mantiveram a estrela pop no Top 20. Com o lançamento de Reputation – já um bestseller de 2017 -, depois do fim do período de monitoramento da lista, seus ganhos devem subir significativamente no ranking do ano que vem.

16º) Calvin Harris
Ganhos: US$ 48,5 milhões

DJ mais bem pago da lista, Harris continua a ganhar milhões em suas performances em Las Vegas e aumenta seus lucros ao ser a atração principal de festivais de música por cachês que chegam aos sete dígitos. Seu novo álbum, Funk Wav Bounces Vol. 1, alcançou a segunda posição no ranking da Billboard.

15º) Jimmy Buffett
Ganhos: US$ 50,5 milhões

O império de lifestyle de Jimmy Buffett, o Margaritaville – que recebeu o nome em homenagem à música que se tornou hit – inclui hotéis, restaurantes, publicidade e até mesmo uma estação de rádio via satélite e corresponde à maior parte de seus ganhos.

14º) Red Hot Chili Peppers (empate)
Ganhos: US$ 54 milhões

Com 108 shows durante o período de monitoramento, os Red Hot Chili Peppers continuam com tudo em seu 34º ano. A turnê foi cheia de acontecimentos, especialmente para o cantor Anthony Kiedis, que foi hospitalizado com uma infecção intestinal logo no início.

13º) Paul McCartney (empate)
Ganhos: US$ 54 milhões

Sir Paul ainda arrecada sete dígitos por noite na estrada, ao mesmo tempo em que arrecada direitos autorais por seu catálogo de músicas solo e dos Beatles. “É tão importante ter pessoas boas a sua volta. É por isso que eu estou nessa lista”, disse McCartney a Forbes quando no ranking das 100 melhores mentes de negócios do mundo.

11º) Elton John (empate)
Ganhos: US$ 60 milhões

Agora com mais de 70 anos, o Rocket Man ainda voa alto com uma agenda de turnê produtiva, com 99 shows em Las Vegas e outros locais durante o período de monitoramento. Seu próximo grande empreendimento será compor a trilha sonora para a versão de O Diabo Veste Prada na Broadway.

11º) Garth Brooks (empate)
Ganhos: US$ 60 milhões

A turnê de retorno do Rei do Country, que começou em 2014, é agora a que mais arrecadou na história dos Estados Unidos. Parte da razão é que Brooks frequentemente faz mais do que um show por dia, muito além do que seus colegas costumam fazer. Brooks também lançou The Anthology Part 1, um livro e um conjunto de cinco CDs em novembro.

10º) Metallica
Ganhos: US$ 66,5 milhões

Pioneiro do thrash metal em atividade desde o início da década de 1980, o Metallica lançou recentemente seu décimo álbum de estúdio, Hardwired… To Self-Destruct, que foi um sucesso de público e crítica. Porém, a maior parte dos ganhos deste ano veio da turnê global WorldWired, que deve continuar até a primavera de 2018.

9º) Adele
Ganhos: US$ 69 milhões

A cantora quebrou seu Grammy de Álbum do Ano na metade para dividi-lo com Beyoncé – há quem diga que foi acidentalmente -, mas os ganhos em dinheiro são todos dela. Apesar de ter recusado milhões em acordos de publicidade ao longo dos anos, a britânica ainda arrecada com turnês consistentes.

8º) Bruce Springsteen
Ganhos: US$ 75 milhões

A autobiografia Born to Run rendeu a Springsteen US$ 10 milhões em adiantamentos, e o álbum compilado que acompanhou o livro, Chapter and Verse, completou seu total. Agora, ele está dando uma pausa das casas de shows para tocar em uma rara residência na Broadway.

7º) Justin Bieber
Ganhos: US$ 83,5 milhões

O cantor pop canadense arrecadou a maior quantia anual de sua carreira, impulsionada por 105 shows no período de monitoramento. Ele também ganha de um acordo de publicidade com a Calvin Klein, de seus emojis JustMoji e de mais de um bilhão de reproduções de suas músicas.

6º) Guns N’ Roses
Ganhos: US$ 84 milhões

Os lendários roqueiros voltaram à estrada para tocar em uma turnê pelos cinco continentes, o que ajudou a banda a alcançar volumes de ganhos de nove dígitos sem nenhum grande contrato de publicidade.

5º) Coldplay
Ganhos: US$ 88 milhões

A banda de pop rock britânica embarcou em sua turnê Head Full of Dreams Tour na última primavera no hemisfério norte, tocando em casas de show e estádios no mundo todo com arrecadações de cerca de US$ 5 milhões por cidade, o que significa que está no caminho para o maior salário de sua carreira. No total, a turnê arrecadou mais de US$ 500 milhões, tornando-se a terceira mais lucrativa de todos os tempos.

4º) The Weeknd
Ganhos: US$ 92 milhões

Com 5,5 bilhões de reproduções de suas músicas nos últimos dois anos e mais de US$ 1 milhão por parada em sua última turnê, The Weeknd se tornou um mestre da música na nova economia. “Os artistas não ganham mais dinheiro com a música como na era dourada”, ele disse a Forbes. “Você não ganha muito até entrar no palco.”

3º) Drake
Ganhos: US$ 94 milhões

O artista que detém o recorde de reproduções de suas músicas nos últimos 12 meses, tem na estrada a maior parte dos seus ganhos, graças à turnê Boy Meets World Tour. A superestrela canadense também coleta cheques da Apple, Sprite e Nike.

2º) Beyoncé
Ganhos: US$ 105 milhões

A turnê Formation World Tour, de Queen B, que terminou no fim de 2016 e caiu parcialmente dentro do período de monitoramento, arrecadou US$ 250 milhões. Desde 2008, Beyoncé ganhou mais de US$ 700 milhões. Ela e seu marido JAY-Z deram as boas-vindas a gêmeos no último verão dos Estados Unidos.

1º) Diddy
Ganhos: US$ 130 milhões

Independentemente de ser chamado de Diddy, Puffy ou Brother Love, Sean Combs lidera nossa lista graças a sua turnê Bad Boy Family Reunion Tour, seu contrato com a vodca Cîroc e a venda de um terço da Sean John por estimados US$ 70 milhões.

POSTS RELACIONADOS: