Ameaçadas de despejo, mãe e filha erguem casa com mais de 4 mil garrafas tiradas do lixo

Escrito por em 29/03/2021

Edna e Maria Gabrielly se mudaram de Curitiba para Pernambuco atrás do sonho de morar perto da praia, de recomeçar. No entanto, um ano após a mudança, mãe e filha se viram em uma situação difícil: ainda sem emprego e com as economias acabando, foram ameaçadas de despejo da casa que alugavam.

“Tem muita dificuldade no meio do caminho. Só que quando a dificuldade está na sua frente, você tem que achar uma saída para ela. São barreiras que você tem que ir derrubando. E a gente fez isso, né?”, diz Edna.”

O que ela e a filha fizeram foi reagir com muita resiliência, encontrando uma forma bem original para resolver o problema: ergueram sozinhas uma casa sustentável, construída com nada menos do que 4.298 garrafas de vidro recolhidas do lixo.

Nem Edna nem Maria Gabrielly tinham qualquer experiência como pedreiras e pesquisaram muito para conseguir colocar o projeto que tinham de pé, em meio à pandemia.

Fonte/Foto: G1


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]