OUÇA AGORA A MÚSICA FM
AO VIVO: A RÁDIO QUE É MAIS...
Veja o que é notícia no mundo da Música!
Alok fala sobre preconceito sofrido por gravar com artistas sertanejos
29/11/18

Após lançar o single “Primeiro Amor”, em parceria com Luan Santana, o DJ Alok falou sobre as parcerias com os diferentes estilos musicais e deixou claro que um dos que mais sofre preconceito no Brasil ainda é o sertanejo.

“É desafiador lidar com estilos diferentes de gêneros musicais, que fogem do que estou acostumado a trabalhar. A música é para unir e não segregar, e o mais bonito é isso. Porém, as pessoas ainda demoram um pouco para entender. Quanto mais eu lido com maneiras distintas de criação, mais eu sei exatamente o que criar”, disse.

Veja o resultado da parceria com Luan Santana: 

Recentemente, Alok sofreu uma das maiores perdas da sua vida. O DJ e sua noiva, Ramona Novais, perderam o bebê que estavam esperando. Durante entrevista à revista “GQ”, Alok comentou sobre novas tentativas de ter um bebê e contou mais sobre a sua íntima.

Sobre o pedido de casamento feito para Romana, ele disse: “Eu pedi ela em casamento em um momento intimista em São Paulo. Eu dei a aliança, mas ficou um pouco grande. Então, mandei apertar e logo depois fomos para a Grécia. Eu levei duas caixinhas, uma com as alianças e outra com o solitário. O que eu fiz: coloquei tudo em uma caixinha e coloquei a outra vazia no meu bolso. Quando estávamos passeando de barco, eu fui fazer o pedido e fingi que a caixinha caiu no mar. Ela chorou e gritava ‘o que você fez!’. Tem até vídeo! Quando eu tirei a aliança verdadeira do bolso, ela não sabia se me matava, se desistia ou se aceitava (risos)”.

Sobre o aborto espontâneo, Alok disse que foi um dos momentos mais difíceis que os dois já passaram juntos: “Nós estamos juntos há 4 anos. O relacionamento tem que ser conquistado todos os dias, né. Quando começa a andar no automático, ele começa a perder aquele coisa”,

POSTS RELACIONADOS: