Blue Origin deve realizar voo espacial com ‘Capitão Kirk’, de ‘Jornada nas estrelas’, nesta quarta

Escrito por em 13/10/2021

A Blue Origin, empresa de turismo espacial do bilionário Jeff Bezos, deve realizar mais uma missão tripulada nesta quarta-feira (13), a partir das 10h30 (horário de Brasília). A bordo estará o ator William Shatner, de 90 anos, que interpretou o capitão James T. Kirk na série “Jornada nas estrelas” (“Star trek”).

Veja outros destaques da empreitada:

  • O NS-18 marcará a 18ª missão da cápsula New Shepard. Este será o 2º voo tripulado da Blue Origin, que, em julho, enviou Jeff Bezos e outras três pessoas ao espaço.
  • Shatner deverá se tornar a pessoa mais velha no espaço, superando Wally Funk, de 82 anos, a mulher que participou da viagem de Bezos.
  • lançamento acontecerá em uma base no oeste do Texas, nos EUA, mesmo local de onde partiu o foguete com o dono da Amazon.
  • viagem será no estilo “bate-volta”, de cerca de 10 minutos de duração, como a que o dono da Amazon fez. Ela estava marcada para a última terça-feira (12), mas foi transferida “devido aos ventos”, disse a Blue Origin.

 

Passageiros do 2º voo tripulado da Blue Origin — Foto: Wagner Magalhães/Arte g1

Passageiros do 2º voo tripulado da Blue Origin — Foto: Wagner Magalhães/Arte g1

Como será o voo

Os tripulantes farão um novo voo suborbital, como o que Bezos fez. Esse tipo de voo é diferente do realizado pela SpaceX, que manteve turistas na órbita terrestre por três dias (veja infográfico ao final da reportagem).

A missão deverá ultrapassar a Linha de Kármán, que fica 100 km acima do nível do mar. O limite é considerado para definir o início do espaço, mas Nasa e o Exército dos Estados Unidos consideram que a barreira já é superada em uma altitude de 80 km.

Depois do lançamento, o foguete se separa da cápsula, onde ficam os passageiros, e retorna ao solo de forma autônoma. A cápsula também não precisa de piloto e termina o voo com ajuda de paraquedas.

Os passageiros terão sensação de gravidade zero durante 4 minutos. Durante a viagem, eles poderão contemplar a curvatura da Terra.

 

A cápsula reutilizável New Shepard, que será usada no voo, é batizada em homenagem a Alan Shepard, primeiro norte-americano a chegar ao espaço, em 1961.

Diferenças entre as naves da SpaceX, Blue Origin e Virgin Galactic — Foto: Arte g1

Diferenças entre as naves da SpaceX, Blue Origin e Virgin Galactic — Foto: Arte g1

Fonte G1


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]