Gusttavo Lima gastará fortuna para manter iate de Roberto Carlos

Escrito por em 06/02/2020

Sertanejo acaba de comprar embarcação de luxo que foi de Roberto Carlos, e gastará milhões na manutenção desse ‘brinquedinho’ caro

Se tem uma pessoa que não pode reclamar nessa quarentena é Gusttavo Lima. Mesmo com os shows cancelados por conta da pandemia, o cantor segue faturando alto com lives e redes sociais, tanto é que tratou de comprar um mimo, mesmo não podendo usá-lo no momento.

O cantor é o mais novo proprietário de um iate de luxo, de 35 metros, cinco suítes,  com capacidade para abrigar com conforto 12 passageiros. O brinquedinho era de ninguém mais ninguém menos do que Roberto Carlos. Custou pouco mais de R$ 20 milhões.

Dos quatro iates que o Rei tinha e batizou de Lady Laura, ele ficará apenas com o terceiro, já que a embarcação possui um valor sentimental muito grande por ter sido toda decorada por Maria Rita, última mulher de Roberto Carlos que morreu de câncer em 1999.

Mas o precinho milionário do iate não é o único gasto de Gusttavo Lima. Manter a embarcação, fabricada em 2011, custará uma verdadeira fortuna. Os gastos para manter um barco por ano desses costuma girar em torno de 15% de seu valor, algo em torno de R$ 3,7 milhões ao ano, isso se você não usar muito, pois o combustível é caro.

São documentações especiais, vaga em uma marina, pilotos e funcionários do iate, limpeza, manutenção, combustível, entre outras coisinhas. Um único marinheiro para ajudar em um barco desse porte não custa menos do que R$ 10 mil mensais.

Vale lembrar que Gusttavo Lima já é dono de outro ‘brinquedinho’ caro: um jato de luxo, de cerca de R$ 40 milhões.

Segundo especialistas, um avião desses consome cerca de R$ 1,5 milhão por ano só de manutenção obrigatória, isso sem contar combustível, aluguel de hangar para estacionar a aeronave, pagamento da tripulação (piloto e co-piloto), entre outras coisas.

Deixar um jatinho desses estacionado em um hangar em um aeroporto pode custar até R$ 40 mil mensais, só de estacionamento.

Resumindo: entre barco e avião, o embaixador gastará cerca de R$ 5 milhões anuais só para ter os dois. É muita riqueza, não é?

Fonte: R7


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]