PM atende caso de possível estelionato na negociação de carro em Cianorte

Escrito por em 29/04/2021

Nesta quarta-feira (28), policiais militares foram acionados para comparecerem na PR-323, km 224, para prestar atendimento a um possível estelionato.

No local, os policiais entraram em contato com um homem, que é morador da cidade de São João do Ivaí, que veio até Cianorte para tratar da negociação de um veículo Honda/Civic LXL, prata, ano 2011, ele obteve informações sobre o veículo através de um anúncio e um site de negócios pela internet.

De acordo com o solicitante, no site a oferta pelo automóvel era no valor de R$37.000,00 e fez contato com vendedor, momento em que passaram a conversar pelo aplicativo WhatsApp.

Depois das trocas de mensagens, entre vendedor e comprador, a negociação ocorreu com valor final combinado pelo veículo em R$34.500,00.

Enquanto os militares ouviam as informações, o proprietário do automóvel, foi até o local e relatou que havia anunciado no referido site, e após dois dias um cidadão entrou em contato, dizendo que ficaria com o veículo, pois já havia outra pessoa interessada, mas que o pagamento seria realizado por ele mesmo, no valor de R$42.000,00, pediu ainda que o dono do Civic falasse ao comprador que eles eram irmãos, para gerar maior credibilidade na negociação.

O suspeito informou ainda que estaria negociando um barracão com o outro indivíduo e que faria uma triangulação para tentar obter um lucro na negociação.

O proprietário do Civic declarou aos policiais que, visando a venda, não viu maldade em dizer que era irmão do autor e procedeu com esta postura.

E nesta quarta-feira (28) comprador e vendedor foram até o cartório para realizar a transferência de propriedade do bem, conforme preenchimento de recibo e, na sequência, deslocaram até uma agência bancária, momento em que o dono do carro ficou aguardando na parte externa frente à agencia e o interessado no carro entrou e fez a transferência no valor de R$34.500,00, isso às 10h50, em nome de um terceiro desconhecido.

Depois de realizar a transação bancária, as partes foram até o trabalho do vendedor do carro, na PR-323, para aguardar que o dinheiro entrasse em sua conta, para que ele fizesse a entrega do automóvel.

Após algum tempo, o autor enviou um comprovante de transferência tipo “TED” no valor de R$ 42.000,00, com data de 28/04/2021. No entanto, ao verificar sua conta, ele não localizou nenhuma transferência, e ligou para o cidadão, que informou que teria acontecido um erro na digitação do CPF do favorecido, mas que já estava em contato com a agência para correção.

Após um tempo de espera, as partes acabaram conversando sobre a negociação e passaram a observar as várias divergências, principalmente no que diz respeito ao valor, chegando a conclusão que teriam sido vítimas de um golpe.

Por fim, diante dos fatos, o veículo permaneceu em posse do proprietário e a possível vítima de estelionato foi orientada quanto aos procedimentos.

Cumpre ressaltar que a Polícia Militar orienta a evitar intermediários e negociar diretamente com o comprador/vendedor. Sempre desconfie de valores muito abaixo do mercado e se atente a conversas onde a pessoa interessada, se passando por vendedor/comprador, diz que está negociando o veículo para um amigo/parente.

*Disque denúncia: 181*

*POLÍCIA MILITAR DO PARANÁ*

Fonte: Assessoria 5CIPM


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]